Zahyra Mattar
Tubarão

Graças ao trabalho afinado da Polícia Rodoviária Federal (PRF) e Polícia Militar Rodoviária Estadual (PMRV) e a conscientização da maioria dos motoristas, a tragédia ocorrida no Natal não se repetiu no ano novo. Santa Catarina deixou de figurar entre os três estados com mais mortes do feriado do dias 25 de dezembro para ficar entre os que menos registraram vítimas no feriado da virada.

Na PRF, número bom para comemorar é o zero. Mas na falta dele, os policiais avaliam como positivo o resultado de mais uma Operação Ano Novo (confira dados no quadro abaixo). Quatro mortes foram registradas nas rodovias federais de Santa Catarina. No Natal, foram 25. O trecho mais perigoso no sul da BR-101, entre Sangão e Laguna, nenhuma morte ocorreu.

Conforme o balanço oficial do Departamento da PRF, em Brasília, no país, o número de mortos, se comparado com o Natal, diminuiu quase 50% (foi 49,5% a menos). O número de acidentes e feridos também caiu: foram 32,1% e 31,7%, respectivamente, a menos na comparação com o período de 21 a 25 de dezembro.

A polícia também atuou com maior rigor: mais de 100 mil veículos foram abordados e 22 mil multas aplicadas. Em comparação com o feriado de Natal, houve crescimento de 9,3% na soma de veículos fiscalizados e 19,2% na quantidade de infrações.
A diminuição das chuvas, ao contrário do que se poderia imaginar, não trouxe tranqüilidade.

A velocidade média nas estradas foi superior à observada no feriado de Natal. A Polícia Rodoviária Federal realiza, até o dia 2 de março, a Operação Verão em todas as rodovias federais do país. A próxima ação especial de 2008 ocorrerá entre os dias 1º e 6 de fevereiro, por conta do feriado de Carnaval.

A PMRV divulga amanhã o balanço da Operação Ano Novo nas estradas estaduais de Santa Catarina.