Rafael Andrade
Capivari de Baixo

Uma quadrilha de nove arrombadores de carros e residências foi detida ontem de manhã, pela Diretoria Estadual de Investigações Criminais (Deic) de Florianópolis, com apoio da Polícia Civil de Capivari de Baixo. Um mecânico de 32 anos da região foi detido na oficina em que trabalhava em Tubarão. O restante do grupo foi recluso na Grande Florianópolis.

Dezenas de produtos e um Audi com acessórios ilegais instalados foram apreendidos com o mecânico, que foi detido em uma oficina no bairro Andrino, em Tubarão. Outros produtos com procedências duvidosas foram recolhidos na em sua casa, no bairro Caçador, em Capivari. Os presos são acusados de praticar crimes em Orleans, Capivari, Tubarão, São José e na capital. O grupo ficará retido na Central de Triagem de Florianópolis até a conclusão do inquérito.

Os policiais cumpriram nove mandados de prisão temporária e 12 de busca e apreensão. “Eles agiam, principalmente em grandes eventos festivos em que centenas de veículos ficavam estacionados. Eles arrombavam veículos e furtavam aparelhos de som, módulos, CDs, pen drives e aparelhos de MP4. A ação era rápida. A venda dos produtos também”, explica o delegado de Capivari, Adriano Almeida.

O material era revendido rapidamente. Os crimes também eram praticados em residências fechadas, principalmente à noite. Além de acessórios automotivos, binóculos, máquinas digitais, cartões de memória, perfumes importados e óculos de sol foram apreendidos.
O delegado Diego Azevedo coordenou a operação, denominada de Ali Babá e os 40 ladrões. Mais pessoas podem estar envolvidas.