Grão Pará

Após seis meses de investigação, a Polícia Civil concluiu que Igor Honorato Michels, de 15 anos, morador de Grão Pará, morreu enquanto participava de um racha com sete motocicletas. O acidente aconteceu na SC-370 no ano passado e foi tratado como acidente de trânsito comum. Igor colidiu atrás de uma camionete na rodovia que liga Grão Pará a Braço do Norte.

A Polícia Civil identificou todos os envolvidos no acidente, comprovou o racha e indiciou 11 pessoas, com idades entre 15 e 21 anos, pela morte do adolescente. Eles são de Grão Pará, São Ludgero e Braço do Norte. O caso agora será encaminhado ao Fórum de Justiça da Comarca de Braço do Norte.

O trabalho apontou que no dia do acidente Igor integrava um grupo de sete motociclistas que disputavam um racha.

Conforme a Polícia Civil, os jovens alternavam-se em uma disputa em alta velocidade, colocando em risco a vida de diversos pedestres e motoristas com ultrapassagens e manobras imprudentes em curvas e pela contramão.

Durante a disputa, três das sete motocicletas estavam lado a lado, quando se depararam com um veículo em uma curva. Igor pilotava uma das motocicletas e colidiu contra a traseira de um veículo, morrendo no local.

Antes que a Polícia Rodoviária Estadual chegasse ao local, a motocicleta da vítima foi retirada de onde estava pelos demais motocicletas.

A pena para quem participa de rachas e resultar em morte varia entre cinco e dez anos de reclusão, de acordo com o art. 308 § 2º do Código de Trânsito Brasileiro.

Foto: Divulgação/Portal Notisul