Um ônibus com torcedores do Criciúma foi alvo de um apedrejamento na tarde deste sábado, dia 15, no entorno da Arena Condá em Chapecó. Segundo informações preliminares, o veículo teve vidros quebrados e duas pessoas sofreram ferimentos leves.

Em contato com o Portal Engeplus, o diretor da Barra Os Tigre, Luiz Gustavo Ruigi, explicou que o ato foi praticado por membros de uma torcida organizada da Chapecoense, no final do trajeto. “Quebrou duas janelas e machucou duas pessoas. Havia crianças no ônibus”, lamentou o torcedor.

Ruigi também questiona o fato da escolta da Polícia Militar (PM) ter realizado o trajeto indo de encontro com a torcida local.  

“Em vez de passar por trás da sede da organizada, passou pela frente. Na hora que passamos, eles tocaram pedra e fogos de artifício pra cima da gente. Eles são preparados para nos levar em segurança e passaram pela frente da sede da organizada deles, não dá para entender”, disse.

Até o momento, não há informações sobre quantas pessoas foram detidas.