#PraCegoVer Na foto, uma mão segura um pedaço de fio elétrico e um alicate
Os policiais conseguiram reunir fortíssimos elementos de prova que corrobora o envolvimento dos suspeitos nos frutos. Empresas que receptaram os materiais também foram identificadas e poderão ser indiciadas - Foto: PC Gravatal | Divulgação

Após alguns meses de investigações, forças policiais da região deflagraram, na manhã desta sexta-feira (25), a Operação Fio Desencapado. O objetivo é investigar e obter provas com relação aos crimes de furtos de fios elétricos que passaram a ocorrer com muita frequência. Os trabalhos são coordenados pelo delegado Marcelo Santos de Bitencourt e o inquérito de Gravatal deverá subsidiar também investigações feitas pela Polícia Civil de Braço do Norte, Rio Fortuna e Grão-Pará, onde igualmente há registros acima da média deste tipo de crime.

#PraCegoVer Na foto, ao fundo está o prédio de uma Delegacia de Polícia Civil e, na frente, está duas viaturas de polícia
Operação Fio Desencapado investiga a ‘onda’ de furtos de fios elétricos na região do Vale do Braço do Norte. Nesta sexta-feira, 16 policiais civis e militares cumpriram três mandados de busca e apreensão na casa dos suspeitos – Foto: PC Gravatal | Divulgação

Conforme as investigações, nos últimos meses vinha ocorrendo uma “onda” de furtos de fios elétricos contra associações desportivas e empresas da região. Somente em Gravatal foram cinco furtos. A ousadia dos criminosos foi tanta, que uma das associações, localizada no bairro Várzea das Canoas, foi alvo dos bandidos em duas oportunidades em menos de um mês. Estima-se que o prejuízo de cada vítima gire em torno de R$15 mil. Se considerados somente os cinco furtos em Gravatal, um montante de R$ 75 mil em fios foram roubados. Diante dos fatos, uma força-tarefa envolvendo policiais civis e militares de Gravatal e Braço do Norte foi montada para a troca de informações e coleta provas. As vítimas e testemunhas também auxiliaram e seus depoimentos foram fundamentais para o fornecimento de detalhes dos fatos investigados.

Com isso, as polícias conseguiram levantar indícios de que um grupo criminoso de Braço do Norte, com contatos em Gravatal, seria o responsável pelos furtos. Os membros, seus endereços e os veículos que eles utilizaram para praticar os crimes foram identificados. Com isso, a força-tarefa conseguiu provas suficientes para representar por mandados de busca e apreensão para as residências dos suspeitos. As medidas cautelares foram deferidas pela Justiça de Armazém, após parecer favorável do Ministério Público. Na manhã desta sexta-feira (25), três mandados de busca e apreensão foram cumpridos e os policiais conseguiram reunir fortíssimos elementos de prova. Um dos veículos utilizados nos furtos foi apreendido e outros três carros possivelmente utilizados no cometimento dos crimes foram identificados. Além disso, na casa e nos veículos dos suspeitos também foram apreendidos alicates, pedaços de fios, celulares e outros elementos que corroboram com os fatos investigados.

Também foram identificados os locais onde os fios eram queimados: na beira do rio, em Braço do Norte, e na casa de um dos suspeitos. Os policiais também descobriram que algumas empresas de ferros velhos estariam receptando os fios roubados. Estes comércio foram, todos identificados e os proprietários poderão responder pelo crime de receptação qualificada. Até agora, oito pessoas são apontadas como suspeitas de praticarem os frutos. Não se descarta a hipótese de representação por outras medidas cautelares para instruir as investigações, que seguem em andamento. A Operação Fio Desencapado contou com a participação de 16 policiais das Delegacias de Polícia Civil de Gravatal, Armazém, Braço do Norte, Grão-Pará e Rio Fortuna, além de militares da Agência de Inteligência de Gravatal e Braço do Norte, além do Pelotão de Patrulhamento Tático, Canil e RP Braço do Norte.

Fonte: Walker Mendes Cardoso | Escrivão da Delegacia de Polícia de Gravatal
Edição: Zahyra Mattar | Notisul

Entre em nosso canal do Telegram e receba informações diárias, inclusive aos finais de semana. Acesse o link e fique por dentro: https://t.me/portalnotisul