Tubarão

O engenheiro Gregório Brighenti, responsável pela equipe de quase 30 homens que trabalham na construção do novo prédio do Presídio Regional de Tubarão, no bairro Bom Pastor, reitera o que já tinha declarado ao Notisul, há quase três meses: A inauguração deve ocorrer somente em 2011. A projeção é entregar o prédio com 36 celas, uma cozinha industrial, dois grandes pátios de banho de sol, um setor administrativo de dois pisos e um amplo estacionamento pronto no fim do verão.

“Trabalhamos em ritmo acelerado, mas temos dificuldades em serviços externos quando chove. Concentramos o trabalho interno – que por sinal está bem adiantado -, mas precisamos de mais tempo”, adverte Gregório.
O secretário estadual de segurança pública, André Luis Mendes da Silveira, pediu pressa na conclusão da obra. Ele vistoriou o local há duas semanas. “A intenção é seguir o que tinha sido acordado, terminar o prédio em dezembro deste ano. Acreditamos que é possível seguir este cronograma”, reforça André.

No entanto, Gregório já havia solicitado uma prorrogação no contrato, já que tinha apresentado indicações da quantidade de chuva em Tubarão durante este ano. “Mais de 60% do tempo em que estamos aqui – fez um ano no início deste mês – choveu. Este é um local que tem muito barro, lama e a água acumulada com muita facilidade. Isto nos prejudicou muito no início da construção, principalmente entre os meses de maio e junho deste ano”, rebate Gregório.

Discussão à parte, a inauguração da ala do semiaberto – que já está pronta – deve mesmo ocorrer no próximo dia 16. A estrada de acesso ao local segue quase intransitável.