Uma mulher alterada tentou atropelar o próprio marido com seu automóvel, um Fiat Mobi, em Porto Belo, litoral de Santa Catarina. O fato ocorreu na noite de sexta-feira (17), na saída de uma festa.

De acordo com uma testemunha, que acionou a Polícia Militar, o crime que ocorreu em uma das principais avenidas da cidade, na frente de um supermercado, chamou atenção. Em conversa com a PM, o homem explicou que está se separando da companheira.

Os dois se desentenderam em uma festa e ele decidiu ir para casa a pé. No caminho, sua esposa tentou o atropelar, mas ele conseguiu escapar e ela colidiu em um poste. Mesmo depois da colisão, a mulher desceu do carro e passou a agredi-lo com arranhões e mordidas. O tempo todo, ela dizia que iria matá-lo.

Em depoimento a mulher confirmou o que fez e que o motivo da agressividade foi uma suposta traição do marido. Além disso, ela confirmou as ameaças de homicídio aos agentes ao dizer que vai matá-lo assim que for possível, pois não aceite que ele gaste o dinheiro que seria de seus filhos.

Os PMs afirmam que ela estava em visível estado de embriaguez, embora não tivesse realizado o teste de bafômetro. Ela foi conduzida à Delegacia de Polícia e detida por tentativa de homicídio, dirigir sob efeito de álcool sem habilitação e também por ameaça.

 

Entre em nosso canal do Telegram e receba informações diárias, inclusive aos finais de semana. Acesse o link e fique por dentro: https://t.me/portalnotisul

Fonte: O Município