Uma guarnição do Pelotão de Patrulhamento Tático foi acionada para atender a uma ocorrência de ameaça e porte ilegal de arma de fogo no bairro Quedas do Palmital, em Chapecó. O fato ocorreu na madrugada desta terça-feira (18), por volta das 2h10, na Rua Ari Primo Tessari.

A vítima, de 25 anos, estava escondida dentro de um carro quando a guarnição chegou. A mulher revelou que o homem, de 26 anos, estava com uma arma atentando contra sua vida e de suas filhas. Ainda em depoimento, informou que havia marcado um encontro com o homem pelo Facebook, e que ele foi até a sua casa com outro indivíduo.

Durante o encontro os três fizeram uso de cocaína, sendo que em determinado momento o suspeito, de 26 anos, queria que ela deitasse na cama com o outro homem. Houve um desentendimento entre eles e o mesmo pegou um revólver e apontou para a sua cabeça e de seu filho 9 meses.

A mulher ficou assustada e saiu correndo com seu filho no colo. Ficaram na casa ainda suas duas filhas, de 8 e 3 anos. O homem foi encontrado pela Polícia Militar dentro de um quarto com o revólver da mão e se rendeu quando recebeu voz de abordagem. Em busca pessoal foi localizada uma porção de cocaína em seu bolso.

O homem e a mulher foram conduzidos juntamente com a arma, um revólver calibre .32, contendo cinco munições intactas, para a Central de Plantão Policial. As três crianças ficaram na residência aos cuidados do avô. Foi feito contato com o Conselho Tutelar que deslocou até a Delegacia de Polícia para acompanhar a guarnição até o local da ocorrência.

 

Entre em nosso canal do Telegram e receba informações diárias, inclusive aos finais de semana. Acesse o link e fique por dentro: https://t.me/portalnotisul

Fonte: Aconteceu