Foto: Reprodução

A Polícia Civil de Braço do Norte esclareceu a morte da paraguaia Viviana Ortiz Amarilla (31 anos), que foi encontrada morta no banheiro de sua residência no bairro bairro Rio Bonito. O crime aconteceu em janeiro deste ano.

De acordo com o delegado responsável pelas investigações, Eder Matte, o assassino é um jovem de 21 anos, natural de Braço do Norte e matou Viviana para roubar dois celulares.

Viviana morava sozinha em um apartamento alugado, o proprietário sentiu sua falta no dia 10 de janeiro. Preocupado com o que poderia ter acontecido, dois dias depois acionou a polícia.

Natural de Ciudad del Este, a paraguaia foi encontrada morta com o corpo em estado avançado de decomposição. Durante as investigações da Polícia Civil, apurou-se que dois celulares de Vivian haviam sido roubados na residência. Após a coleta e análise de imagens, além de outras diligências, a Polícia Civil de Santa Catarina acabou por identificar o autor do crime.

O assassino estava foragido desde a época do crime e foi preso nesta segunda-feira em Gravataí/RS. A ação contou com o apoio da Polícia Gaúcha. O criminoso foi encaminhado ao Presídio Regional de Canoas/RS, onde permanecerá à disposição do Poder Judiciário.

Entre em nosso canal do Telegram e receba informações diárias, inclusive aos finais de semana. Acesse o link e fique por dentro: https://t.me/portalnotisul