Um homem, de 30 anos, foi preso após agredir a companheira que está grávida de três meses na noite deste domingo (10), em Indaial. De acordo com a Polícia Militar, ambos têm deficiência auditiva.

A PM foi acionada por volta de 23h30, após um vizinho ouvir barulho de coisas quebrando e gritos abafados de um outro apartamento. Ao chegarem na rua Paraguai, no bairro Nações, os policiais constataram que o casal morava em um bloco de quitinetes.

Os policiais foram até o apartamento em questão e encontraram a vítima, uma mulher de 30 anos. Segundo a PM, mulher apresentava diversas escoriações pelo corpo e fez com que os policiais entendessem que o casal é surdo e que o responsável pelas agressões seria o companheiro.

Ele teria usado um cinto para bater na esposa, além de tentar enforcá-la com as mãos. A vítima, grávida de três meses, demonstrou interesse em representar contra o companheiro. Diante dos fatos, ele recebeu voz de prisão pelo crime de violência doméstica.

O homem foi encaminhado à Delegacia de Polícia Civil de Indaial para as providências cabíveis. Já a vítima e a testemunha, foram conduzidas para prestarem depoimento. O cinto utilizado nas agressões foi apreendido pela PM e entregue aos policiais civis.

 

Entre em nosso canal do Telegram e receba informações diárias, inclusive aos finais de semana. Acesse o link e fique por dentro: https://t.me/portalnotisul

Fonte: O Município