O coronel James do Amaral (E) passou o cargo para o coronel Adenício João Marques (D), em solenidade com presença do comandante geral da Polícia Militar de Santa Catarina, coronel Nazareno Marcineiro.
O coronel James do Amaral (E) passou o cargo para o coronel Adenício João Marques (D), em solenidade com presença do comandante geral da Polícia Militar de Santa Catarina, coronel Nazareno Marcineiro.

Mirna Graciela
Tubarão

Com pouco mais de 32 anos na carreira militar, o coronel Adenício João Marques assumiu, ontem, o comando da 8ª Região de Polícia Militar de Tubarão. O foco é dar continuidade ao trabalho desenvolvido na corporação. A solenidade de passagem do cargo, até então exercido pelo coronel James do Amaral, ocorreu na Associação Ruy Stockler de Souza, no bairro Humaitá de Cima.

Ao longo de sua profissão, o novo comandante já desempenhou várias funções nas cidades de Araranguá, Criciúma, Laguna, Tubarão e Florianópolis. “Pretendo intensificar as ações de combate à criminalidade e atuar ativamente com o nosso Setor de Inteligência. Enfim, empregar todos os meios que temos para trazer resultados cada vez mais satisfatórios à sociedade. Será uma jornada de muito trabalho, essencialmente isso”, ressalta Adenício.

O coronel James, que ficou 17 meses no comando da 8ª Região de PM, assumirá a Ajudância Geral da Polícia Militar de Santa Catarina, na capital. Em sua despedida, ele agradeceu a todos os seus colegas de trabalho, a sua família e fez uma avaliação do período a frente da corporação.

Foram mais de 500 mil ocorrências atendidas, 80 quilos de drogas tiradas de circulação e as duas últimas melhores operações veraneio já realizadas pela PM na região, entre outros destaques. “Com este resultado positivo, sinto-me extremamente realizado”, comemora o coronel.
Segundo ele, uma atenção especial foi dada para os atentados ocorridos na cidade. “Isto nos força a ter ainda mais coragem. Tivemos problemas, mas a resposta à população foi rápida”, valoriza.