Mirna Graciela
Tubarão
 
O sexto homicídio deste ano em Tubarão ocorreu nesta sexta-feira. Sidnei Mendes Santana, de 55 anos, foi executado com um tiro na região da cabeça. O seu corpo foi encontrado em uma casa abandonada, no interior da localidade de Alto Pedrinhas. 
 
Apesar de ser um local bem afastado, alguns moradores passaram em frente, escutaram gemidos e chamaram a Polícia Militar. O assassinato é apurado pelo Departamento de Investigação Criminal (DIC). “Trabalhamos com várias hipóteses, dentre elas homicídio ou latrocínio”, revela o delegado Adriano Almeida, coordenador da DIC.
 
Sidnei era mototaxista e o seu veículo de trabalho, até às 21 horas desta sexta-feira, não havia sido localizado pelos agentes da DIC, que trabalharam no caso durante a noite para localizar o autor do crime. 
 
Anéis e correntes de prata usadas pela vítima também sumiram. O corpo foi recolhido pelo Instituto Médico Legal (IML). O número de assassinatos na cidade até o momento é igual ao do mesmo período do ano passado. Até o dia 21 de maio de 2011, haviam sido seis. 
 
Na Região Metropolitana de Tubarão, foram dez assassinatos este ano. Em Imbituba, Treze de Maio, Jaguaruna e Imaruí, registraram um homicídio cada.