O condutor morreu no local do acidente e precisou ser retirado por um grupo de bombeiros militares das ferragens -  Foto:Divulgação/Notisul
O condutor morreu no local do acidente e precisou ser retirado por um grupo de bombeiros militares das ferragens - Foto:Divulgação/Notisul

Silvana Lucas
São Ludgero

Um grave acidente ontem na SC-108, em São Ludgero, causou a morte de um homem que conduzia um Prisma. O motorista tinha 61 anos era morador da localidade de Rio Pinheiro, em Orleans.

Por volta das 15h30min o condutor do veículo colidiu com um Ford Cargo, com placas de Grão-Pará que seguia no sentido contrário da pista e capotou. O motorista do caminhão, de 63 anos não ficou ferido. Ele contou aos socorristas e aos policiais rodoviários, que atenderam a ocorrência, que diante da situação tentou desviar para o acostamento, mas não conseguiu evitar a batida.

Uma das hipóteses levantadas sobre as causas do acidente indicam a possibilidade do motorista do carro ter sofrido um mal súbito enquanto dirigia. Equipes da Polícia Militar Rodoviária (PMRv) de Guatá, responsável pelo trecho,  Polícias Civil e Militar e o Corpo de Bombeiro da região estiveram no local. O corpo foi encaminhado pelo Instituto Médico Legal (IML) de Tubarão.

No fim do mês passado outro homem perdeu a vida na mesma rodovia. Giovane Canarin, de 38 anos, morreu também no local. O acidente ocorreu no dia 24, por volta da 22h30min, na localidade de Quilômetro Dois, em Braço do Norte, próximo a São Ludgero.

Giovani conduzia um Gol, com placas de Gravatal, quando colidiu com Uno, de Rio Fortuna. Os três ocupantes do Fiat foram encaminhados com ferimentos ao Hospital Santa Teresinha de Braço do Norte.