#Pracegover Foto: na imagem há o giroflex da PM
#Pracegover Foto: na imagem há o giroflex da PM

Uma ocorrência de agressão foi registrada nesta quarta-feira (18) em Tubarão. Policiais militares, enquanto trabalhavam na sede do 5°BPM, receberam um pedido de ajuda de um homem de 34 anos.

Ele informou que seria motorista e foi acionado via aplicativo de corrida, para atender a um passageiro no bairro Passo do Gado. No local, o solicitante informou que a corrida não era para si, mas para realizar o transporte de uma bicicleta infantil e uma sacola de roupas até o bairro São João Margem Esquerda. No local onde deixaria os produtos lhe seria pago pelo serviço prestado.

O motorista contou aos policiais que ao chegar no destinado, e após fazer a entrega, o valor da corrida seria de R$11,30, mas a pessoa que recebeu a sacola de roupas e a bicicleta se negou a pagar o valor da corrida. Ele relatou que após insistir em receber o valor, três homens o agrediram com socos.

Ele teve de correr para entrar em seu carro e, ao tentar sair do local, os homens começaram a chutar seu veículo, o danificando. Uma viatura da Radiopatrulha foi acionada até o batalhão para efetuar o boletim de ocorrência. Após realizar os procedimentos os policiais se deslocaram com a vítima até o local onde ouve a agressão.

Um dos agressores foi abordado. No local em que ocorreu a agressão foi marcado uma data de audiência para o agressor. O acusado disse não saber quem seriam os outros agressores. O homem de 44 anos terá de se apresentar ao Juizado Criminal, para justificar os atos cometidos.

 

Entre em nosso canal do Telegram e receba informações diárias, inclusive aos finais de semana. Acesse o link e fique por dentro: https://t.me/portalnotisul