Uma mulher acionou a Polícia Militar para denunciar que havia sido importunada sexualmente por um vizinho, na noite desta quarta-feira (12), no Bairro Campo de Aviação, em Imbituba. Policiais estiveram no local, mas o suspeito fugiu e não foi encontrado. 

Segundo o relato da vítima à PM, por volta das 21h30, o homem teria ido até sua casa, batido na porta e convidado-a para fazer sexo com ele. Com a resposta negativa da mulher, ele ameaçou se enforcar e chegou a atear fogo em vegetações próximas às duas residências.  

Ainda de acordo com o relato, antes de realizar as ameaças, o vizinho teria insistido para que ela tivesse a relação sexual com ele, alegando que “ninguém iria saber”. O convite indecoroso fez com que a vítima fechasse a porta e ele deixasse o local, antes de retornar pedindo desculpas, alegando que iria cometer suicídio, enforcando-se. 

Quando e ele voltou para sua residência, a mulher foi até a casa de sua mãe pedir ajuda e, quando retornavam, a vítima afirmou à PM que as duas viram o suspeito botando fogo no mato ao lado da casa dele e tentando atear fogo numas palhas que estavam ao lado do imóvel da vítima.

Felizmente, sem conseguir provocar o incêndio, o homem deixou o local. Entretanto, a guarnição da PM não constatou nenhum vestígio de fogo e fez rondas no local, porém, sem localizar o autor do fato.