O resgate às vítimas movimentou socorristas de todo o estado e policiais, inclusive com helicópteros   -  Foto:2ªCia BAPM Joinville/Divulgação/Notisul
O resgate às vítimas movimentou socorristas de todo o estado e policiais, inclusive com helicópteros - Foto:2ªCia BAPM Joinville/Divulgação/Notisul

Silvana Lucas
Capivari de Baixo

Um grave acidente ontem na Serra de Corupá, no norte do estado, envolvendo um Cross Fox e um ônibus da empresa Mirotur, deixou cinco mortos, entre elas Izenia Firmino, 60 anos, moradora de Capivari de Baixo. Eduarda Caporello Fogaça, com apenas um mês de vida, Gilberto da Silva Fogaça, Lucineia de Camargo Caporello Fogaça e Douglas Caporello Fogaça, todos ocupantes do carro, também não resistiram ao ferimento.

O acidente ocorreu por volta das 9 horas, no quilômetro 92 da BR- 280. Outros 20 passageiros do ônibus ficaram feridos, alguns em estado grave. Izenia foi a única que não sobreviveu do coletivo, que tinha placas de Sombrio e levava 34 pessoas, moradores de Criciúma, Tubarão e Laguna. Os corpos foram liberados pelo Instituto Médico Legal (IML) de Joinville, por volta das 18 horas.

A moradora da Cidade Termelétrica será velada na capela do município e sepultada hoje (até fim desta edição, ainda não estava marcado o horário) no cemitério da comunidade de Ilhota Grande, em Gravatal. Izenia era casada, aposentada e costumava viajar de ônibus aos países vizinhos. A família do Cross Fox será velada em um ginásio, em Schroeder.

Conforme informações divulgadas pela Polícia Rodoviária Federal, o veículo de turismo vinha de Foz do Iguaçu, em direção a Sombrio, mas mudou parte do trajeto ao contornar a serra. Os feridos foram levados para o Hospital de Jaraguá do Sul, ao Pronto Atendimento de Corupá e ao Hospital São José, em Joinville.