#PraCegoVer Na foto, um policial inspeciona um computador
Em análise preliminar efetuada no local, identificou-se milhares de arquivos relacionados à pornografia infantil - Foto: PF Criciúma | Divulgação

Deflagrada nesta sexta-feira (29) pela Polícia Federal (PF), a operação Pelo to Jail (P2J – em alusão aos arquivos P2P) teve o primeiro resultado positivo no mesmo dia: a prisão em flagrante de um morador de Criciúma pela posse de imagens e vídeos com conteúdo de abuso sexual infantojuvenil. Conforme as investigações, iniciadas a partir de relatórios de informação produzidos pelaPF e que resultaram na identificação do acusado, ele disseminou arquivoscom cenas de violência sexual contra crianças e adolescentes por meio da utilização de redes de compartilhamento de arquivos denominadas P2P. O mandado de busca e apreensão, expedido pela Justiça Federal, foi cumprido pela manhã no endereço do investigado.

#PraCegoVer Na foto, o símbolo da Polícia Federal e diversos itens apreendidos
Diversos equipamentos utilizados para armazenamento de pornografia infantojuvenil, aparelhos de telefone celular, uma arma e munições foram apreendidos na casa do investigado. Ele foi preso – Foto: PF Criciúma | Divulgação

Além de celulares e equipamentos utilizados para o armazenamento e compartilhamento de imagens, uma arma de fogo irregular foi encontrada no local.Todo o material será submetido a exames periciais com o objetivo de comprovar a materialidade dos crimes, identificar possíveis abusadores sexuais e suas vítimas, bem como de possíveis produtores desse tipo de material. Em análise preliminar efetuada no local, identificou-se milhares de arquivos relacionados à pornografia infantil. O crime de posse, armazenamento e compartilhamento de arquivos de pornografia infantil é tipificado no Estatuto da Criança e do Adolescente, e punido com pena de um a quatro anos de prisão.

Fonte: Comunicação Social daPolícia Federal emCriciúma
Edição: Zahyra Mattar | Notisul

Entre em nosso canal do Telegram e receba informações diárias, inclusive aos finais de semana. Acesse o link e fique por dentro: https://t.me/portalnotisul