Maycon Vianna
Tubarão

O operador de máquinas Roland Griesinger, que veio da Alemanha e mora há 30 anos em Tubarão, vive dias de angústia. As suas duas filhas, Daniela e Renata Guth Griesinger, de 14 e 17 anos, estão desaparecidas. Daniela saiu de casa há três semanas e Renata está desaparecida desde quarta-feira da semana passada. Elas estão matriculadas na Escola Alda Hülse, no bairro São João, respectivamente na 5ª série do ensino fundamental e 1ª série do ensino médio.

“Não sei o que faço. Já fui na delegacia, no Conselho Tutelar. Até o momento, não tive notícias das minhas filhas”, relata emocionado Roland, mais conhecido como Alemão.
Ele morava com as duas filhas em uma casa popular do bairro São Raimundo. As filhas mantêm contato telefônico, dizem que estão bem, mas não revelam o local onde moram. “Elas fugiram e levaram roupas, acessórios e não deram previsão de quando voltariam. Renata chegou a deixar um bilhete (veja ao lado), dizendo que procura independência”, detalha.

A filha mais velha de Roland saiu de casa acompanhada da vizinha Larissa Ribeiro, 14 anos. A mãe desta adolescente, Carmelina Cabral Ribeiro, está muito preocupada. “Elas falaram que sairiam de casa, mas achamos que era brincadeira. Isso não pode ficar assim, precisamos encontrar nossas filhas para termos paz. Só tenho uma foto dela no celular”, diz Carmelina.

Os pais estão receosos de que algo sério tenha ocorrido com as três adolescentes. Uma investigadora da Delegacia de Proteção ao Menor, ao Adolescente e ao Idoso de Tubarão afirma que já reuniu provas e que até o momento são coletados os depoimentos dos familiares das meninas desaparecidas. Até ontem não havia notícias sobre elas.
Qualquer informação sobre as adolescentes pode ser passadas através do telefone (48) 3628-4131, com Roland.