O Ministério da Educação divulgou no início da tarde desta quarta-feira uma nota lamentando os assassinatos na Escola Estadual Raul Brasil, em Suzano, onde dois jovens abriram fogo e provocaram um massacre. Pelo menos dez pessoas morreram, incluindo os atiradores.

“O ministro da Educação, professor Ricardo Vélez Rodríguez, em nome de toda equipe do MEC, manifesta profundo pesar pelo crime bárbaro ocorrido na Escola Estadual Professor Raul Brasil, no município de Suzano, em São Paulo, nesta quarta-feira, 13. O Ministério se solidariza com pais, familiares e funcionários da escola neste momento de choque, luto e dor”, diz o texto.

O governador de São Paulo, João Doria, visitou o local e disse que é o pior cenário que já viu. “Profunda tristeza. Muito impactado com o que vi aqui, uma cena muito triste. No total quatro adolescentes foram brutalmente assassinados, dois membros da escola. Cena mais triste que eu já vi na minha vida. Triste que aconteça no Brasil e aqui em São Paulo”, comentou. Ele decretou luto oficial de três dias.