Laguna
 
Após ficarem detidos durante quatro dias na Delegacia de Polícia Civil de Laguna, os quatro menores que assaltaram o sítio da desembargadora Salete Sommariva, na madrugada da última segunda-feira, serão encaminhados hoje de manhã para Centros de Internação Provisória de cidades do oeste do estado. 
 
A decisão foi tomada ontem à tarde, pelo promotor de justiça Ruy Vladimir Soares de Souza. Dois deles, de 17 anos, têm como destino os municípios de Curitibanos e Joaçaba. Os outros, de 15 e 16 anos, seguiram para Xanxerê e Caçador. “Consegui a vaga pela brutalidade empregada pelos adolescentes, o que denota a falta de sensibilidade deles, que são extremamente perigosos. Se ficam por aqui, voltam a cometer crimes bárbaros. Lá, eles não conhecem ninguém”, analisa o promotor. Ele ainda atribui a solução do caso à parceria com o delegado Rubem Thomé, que disponibilizou uma viatura e agentes para levá-los. 
 
Segundo o promotor, foi determinada a internação provisória até a finalização do processo, que deve ocorrer em aproximadamente 45 dias. Será apurada a responsabilidade do ato infracional pelos adolescentes. O máximo de pena é de três anos. 
 
Lembre o caso
A família da desembargadora viveu momentos de terror, angústia e impotência. E ficou na mira dos bandidos por duas horas. Eles invadiram a residência, armados e encapuzados, e renderam as cinco pessoas que estavam no sítio. O genro da desembargadora foi atacado com coronhadas, pontapés, ameaçado de morte com uma furadeira e precisou ser levado ao hospital. Os criminosos roubaram os dois veículos que estavam na garagem, um Toyota Corolla e um Citroën C4 Pallas. A Polícia Militar de Laguna empreendeu um cerco com o auxílio das guarnições de Imbituba e Tubarão, e surpreenderam os assaltantes na Praia do Sol, quando encontraram o Corolla com dois deles. Houve troca de tiros, o veículo capotou, e um dos adolescentes foi atingido por um tiro na perna. Na sequência, uma guarnição de Laguna localizou o Citroën abandonado na Praia do Gi. Através das investigações, com a ajuda de um helicóptero, a Polícia Civil conseguiu localizar o paradeiro dos bandidos, em uma residência no bairro Casqueiro.