Sangão  

Um adolescente de 17 anos foi conduzido ontem à delegacia de Sangão, acusado de furtar vários produtos em uma lanchonete no bairro Morro Grande, durante a madrugada. Enquanto aguardava a sua liberação, após confessar a autoria do crime, ele furtou uma máquina fotográfica da delegacia.
Agora, responderá a dois boletins de ocorrência circunstanciada pelos dois delitos. Em um trabalho conjunto das Polícias Civil e Militar, os objetos furtados da lanchonete foram recuperados em uma casa, na mesma localidade, com um rapaz de 26 anos.

Foram encontrados no local um aparelho DVD e um engradado de cerveja. Ele disse que comprou os produtos do menor de 17 anos. O adolescente e outro jovem, de 20, foram os autores do crime.
Os dois foram localizados e conduzidos à delegacia, onde confessaram que venderam os outros objetos para o dono de uma lanchonete. No local, com o proprietário, de 40 anos, foram encontrados alguns energéticos e três garrafas de uísque. Na casa do menor, também havia um botijão de gás furtado de uma residência dias antes.
O de 20 anos foi liberado e responderá inquérito por furto. O mesmo ocorreu com os homens de 26 e 40 anos, mas o crime é por receptação.