#pracegover Na foto, uma menina está chorando e com as mãos tapando o rosto
Foto: Reprodução internet

Em Garuva, uma família foi feita refém por bandidos armados na noite desta quarta-feira. Mãe, filha de 8 anos e filho de 18 anos estavam em casa quando três homens invadiram o local. Mãe e filha ficaram sob mira de armas e a menina ainda sofreu ameaças de tortura. Os irmãos ainda foram feitos de escudo humano pelos bandidos.

De acordo com a Polícia Militar, o crime aconteceu por volta das 20h. À PM, a mulher relatou que conversava com um amigo ao telefone quando os três homens entraram na residência anunciando o assalto.

Durante depoimento a mulher contou que os homens agiam com agressividade e exigiam que ela desse o dinheiro de uma suposta herança, a vítima informava que o dinheiro não existia.

Para pressionar a mulher, os bandidos chegaram a engatilhar as armas várias vezes em direção à sua cabeça e da filha, e ainda ameaçaram cortar os dedos da criança se ela não desse o dinheiro.

Toda a ação foi ouvida pelo amigo da mulher que continuou ao telefone e chamou a polícia. A polícia foi até o local e quando os bandidos perceberam a presença dos agentes pegaram a criança e o irmão para utilizar como escudo humano e despistar a polícia. Em seguida fugiram por uma das janelas.

Um deles foi encontrado escondido em uma madeireira às margens da BR-101. Conforme os policiais, ao receber voz de prisão, o criminoso apontou a arma para os policiais e eles revidaram com três tiros. O homem foi recebeu os primeiros socorros e foi encaminhado ao Hospital São José, em Joinville.

Os outros envolvidos no crime ainda não foram encontrados. A ação contou com o apoio da Polícia Civil, Tático e PRF (Polícia Rodoviária Federal).

Entre em nosso canal do Telegram e receba informações diárias, inclusive aos finais de semana. Acesse o link e fique por dentro: https://t.me/portalnotisul