#ParaTodosVerem Na foto, o detalhe de uma viatura da Polícia Civil
- Foto ilustrativa | PCSC | Divulgação

Uma ação conjunta da Delegacia de Polícia da Comarca de Dionísio Cerqueira, da Polícia Federal em Foz do Iguaçu, no Paraná, da Divisão de Apoio à Investigação do Centro Integrado de Operações de Fronteira (DAI/CIOF) e da Polícia Nacional do Paraguai, resultou na prisão de um foragido da Justiça de Chapecó e no resgate de uma menina de 12 anos, sua filha, que era mantida em cárcere privado no país vizinho pelo pai. A investigação começou no dia 28 de abril deste ano, quando a mãe da garota procurou a Delegacia de Polícia de Dionísio Cerqueira para relatar que o ex-marido disse que levaria a filha até a escola, mas acabou sequestrando-a e fugindo para a tríplice fronteira de Foz do Iguaçu (Brasil/Paraguai/Argentina). Com total cooperação das autoridades paraguaias, o paradeiro do homem e da criança foi descoberto. Além disso, apurou-se ainda que o pai figurava como foragido da Penitenciária da Chapecó, onde cumpria pena por um homicídio doloso.

Com as informações, a Polícia Civil catarinense representou pela expedição de busca e apreensão da menina ao Judiciário, que deferiu o pedido após manifestação favorável do Ministério Público. O cumprimento da ordem foi feito neste fim de semana. Agentes do Comando Tripartito – Delegación Paraguaya e do Departamento Antisecuestro de Personas. Comisaría N° 8- Minga Guazú, ambas Unidades da Polícia Nacional do Paraguai, diligenciaram até uma propriedade rural do distrito Minguero, na cidade de Minga Guazú, onde realizaram a prisão do brasileiro. Também foram constatados fortes indícios de que, além de ser mantida trancada, a menina vinha sendo vítima de violência sexual pelo pai. A garota foi abrigada em uma casa em Ciudad Del Este e aguarda, na companhia da mãe, os trâmites legais pelas autoridades do Paraguai para retornar para Santa  Catarina. O pai foi preso em Ciudad Del Este por conta dos crimes praticados contra a própria filha.

Fonte: Polícia Civil de Santa Catarina
Edição: Zahyra Mattar | Notisul

Entre em nosso canal do Telegram e receba informações diárias, inclusive aos finais de semana. Acesse o link e fique por dentro: https://t.me/portalnotisul