Manifestantes em mais de 150 países estão nas ruas em defesa do meio ambiente. Os protestos ocorrem às vésperas da Cúpula do Clima da Organização das Nações Unidas (ONU), que acontecerá na próxima segunda-feira (23), em Nova York.

O Memorial Tordesilhas, antiga sede da Fundação Lagunense de Cultura (FLC), foi alvo de arrombamento entre a noite de quinta-feira, 19, e o amanhecer desta sexta-feira, 20. A informação foi confirmada pela reportagem junto ao órgão municipal, que segue como responsável pela manutenção do edifício.

Ao Portal Agora Laguna, a presidente da FLC, Mirela Honorato, disse que o prédio foi invadido por um portão de acesso e que foi tentado levar disjuntores e fios elétricos do local. “Acionamos a segurança terceirizada e estamos providenciando reforço da segurança das portas. O levantamento dos danos já foi feito”, disse.

A Polícia Militar foi acionada para o registro de um boletim de ocorrência. A reportagem acompanhou parte da movimentação de funcionários da fundação, após a invasão ter sido notada, por volta das 16h30, desta sexta. Os servidores vistoriam o prédio diariamente.

O Portal constatou, também, que a edificação apresenta danos visíveis em sua cobertura. “Deve sair em breve a licitação para contratação do projeto de restauro da cobertura, da instalação elétrica, das vigas metálicas estruturais e da pintura da edificação”, explica Mirela.

Em abril, a Defesa Civil interditou o prédio que já estava desocupado desde dezembro de 2018, quando um princípio de incêndio inviabilizou o uso da energia ali. O órgão apontou que as vigas de sustentação de parte do edifício apresentavam corrosão.