Garopaba

Um mecânico argentino foi levado às pressas para Florianópolis por um helicóptero Águia, da Polícia Militar, após ser salvo de uma parada cardíaca causada por eletrocussão na tarde da última quinta-feira, em Garopaba.

Ele estava concertando um carro na oficina Beach Car, na GRP-10, bairro Ferraz, quando sofreu uma forte descarga durante curtocircuito em um cabo de iluminação, por volta das 16h30min.

O salvamento do mecânico começou no local, segundo informação do dono da oficina, Carlos Maunier. Enquanto outros funcionários buscavam ajuda por telefone, ele começou a série de massagens no peito de Martins, de 45 anos.

Após reanimar a vítima, Carlos levou o funcionário para a Policlínica Central, onde o paciente foi estabilizado pelo plantão de emergência.

Segundo Catia Marcon, da Secretaria da Saúde, a reversão da parada cardíaca foi alcançada pela unidade do Samu, que encontrou o carro que o conduzia. De acordo com Pedro Silva, integrante do sistema, os profissionais que obtiveram êxito na reanimação de Martins foram Samana Grotkowski e Ale Predebon.

De acordo com os envolvidos no acidente, o helicóptero da Polícia Militar chegou rapidamente à cidade, vindo de Florianópolis, pousando no terreno atrás da policlínica às 17h30min. O comandante major Felzcky e seu copiloto, major Amorin, acompanhados do paramédico Ademir, tiveram de aguardar mais de meia hora para a estabilização do acidentado. Um médico do Samu da capital acompanhou a guarnição policial na operação de salvamento.

Fonte: Mais Garopaba