O homem deu um soco na esposa e depois a jogou no chão com força. Ela bateu a cabeça e desmaiou. Ele fugiu do local - Foto: Divulgação

Um pai chamou a Polícia Militar de Orleans após a filha chegar em sua casa machucada e chorando muito. Conforme a vítima, o marido é usuário drogas e eles haviam discutido por conta disso. Ele deu um soco em suas costas e disse que iria lhe matar, pois tinha meios para fazer isso, e depois colocaria fogo na casa. Após as ameaças, o homem jogou a mulher no chão com força. Ela bateu a cabeça e desmaiou.

Quando retornou a consciência, ela disse que iria ligar para polícia e o homem fugiu do local. Ela correu para a casa do pai e a PM foi acionada. Ela também avisou os policiais que o marido possuía armas de fogo. Ele permitiu que os Pés entrassem e realizassem a apreensão dos materiais.

Embaixo da cama do casal a polícia encontrou uma espingarda calibre 16 cromada; uma espingarda calibre 22; uma caixa com 50 munições de calibre 22; um suporte de transporte com 16 cartuchos vazios e cinco carregados de calibre 16; uma caixa com 23 espoletas calibre 16 e aproximadamente 114 gramas de chumbinhos.

O Samu foi acionado para atender a vítima, pois ela tinha hematomas e um lesão bem inchada na cabeça. A mulher foi encaminhada para exames no Hospital Santa Otília. Ela representou contra o marido, por conta da ameaça de morte e lesões corporais. As armas e munições foram encaminhados para a sessão técnica da OPM de Orleans

 

Entre em nosso canal do Telegram e receba informações diárias, inclusive aos finais de semana. Acesse o link e fique por dentro: https://t.me/portalnotisul