Corpo de Catuaba foi encontrado na frente de uma residência no bairro Rio Bonito, em Braço do Norte.
Corpo de Catuaba foi encontrado na frente de uma residência no bairro Rio Bonito, em Braço do Norte.

Mirna Graciela
Laguna

Dois homicídios ocorreram na madrugada de ontem. Um em Braço do Norte e o outro em Laguna. Na Cidade de Anita, já foram seis morte este ano, de um total de dez na região (confira todos no quadro ao lado).

Por volta das 4 horas de ontem, Jainan Cardoso Flausino, 19 anos, o Catuaba, foi morto com três facadas no pescoço e uma no braço, na rua Irineu Bornhausen, no bairro Rio Bonito, em Braço do Norte. O corpo foi encontrado em uma calçada. A Polícia Civil já identificou o autor do crime e realiza buscas para localizá-lo.
O assassino perdeu o celular, que estava perto do corpo da vítima. A moto CG Titan 150 vermelha utilizada no crime também foi descoberta pela polícia, escondida em um sítio em Rio das Furnas. O suspeito já está com a prisão preventiva decretada.

A outra morte ocorreu em Laguna, às 4h30min. Ramon Prudêncio, 22, foi atingido por quatro tiros disparados por um policial, após uma tentativa de assalto. O tenente Elvis Luis Wencel, 32, da Polícia Militar de Curitiba (PR), em férias na cidade, aguardava a balsa para atravessar para o Farol de Santa Marta, no bairro Magalhães, quando foi surpreendido por Ramon, que lhe apontou uma faca e pediu a sua mochila, carteira e celular. O policial entregou a mochila e o celular, mas disse que não tinha carteira. Para se defender, atirou em Ramon, que chegou a ser levado para o Hospital de Caridade Senhor Bom Jesus Passos, mas faleceu às 10 horas de ontem.
Por coincidência, os dois jovens mortos eram primos e serão enterrados hoje, em Braço do Norte.

Quatro tentativas de homicídio
Nos últimos três dias, ocorreram quatro tentativas de homicídio na região. Duas em Tubarão, uma em Imbituba e outra em Capivari de Baixo. A última ocorreu por volta das 22h30min de domingo, no bairro Passagem, em Tubarão. Uma adolescente de 14 anos foi baleada nas pernas, em frente a uma residência. 

Dez tiros foram disparados pelo ocupante de um Golf. Na verdade, o alvo era o dono da casa, um homem de 30 anos. Os policiais encontraram dois revólveres calibre 38, 15 munições e um papelote de cocaína com o homem, que disse sofrer constantes ameaças de morte. O homem foi preso, conduzido à Central de Polícia Civil e encaminhado ao Presídio Regional de Tubarão.
Sábado, um homem de 30 anos, morador do bairro Vilage, em Imbituba, foi esfaqueado no pescoço, em casa, pela namorada, de 29 anos. Ele foi levado ao hospital São Camilo e ela à delegacia. 

Outra tentativa ocorreu na sexta-feira, em Capivari de Baixo, no bairro Caçador, às 11 horas. Nilson de Souza Pereira, 35, foi à casa de um amigo e encontrou um homem, a quem devia dinheiro. O ‘cobrador’ sacou uma arma e, quando Nilson tentou fugir, levou um tiro na perna. Sábado, em buscas na casa do acusado, a polícia encontrou 60 gramas de cocaína. O autor do crime, de 43 anos, foi detido às 19 horas do mesmo dia, encaminhado ao Presídio Regional de Tubarão e será indiciado também por tráfico de drogas.

Ainda na sexta-feira, de manhã, na Área Verde, em Tubarão, um homem de 36 anos foi ferido na perna. No entanto, ele alegou à polícia ter se machucado durante uma queda de bicicleta. A mãe dele confirmou a informação aos policiais.

Homicídios em 2011

Imbituba
• 1º de janeiro – Edson Demétrio da Silva, 24 anos, levou um tiro durante na festa de Réveillon, na Praia da Vila. (Investigação em andamento).

Laguna 
• 8 de janeiro – O policial civil José Maria Mendonça, 46 anos, levou dois tiros na cabeça, em sua casa, no Km 37. (Investigação em andamento).
• 20 de janeiro – Márcio da Silva Matos, 34 anos, foi morto levou vários tiros no bairro Malvina. (Os assassinos foram presos).
• 28 de janeiro – José Ernesto da Silva, 16 anos, foi assassinado com um tiro na cabeça, no bairro Progresso. (O autor do crime, de 16 anos, foi identificado pela polícia, mas não apreendido).
• 28 de janeiro – Gabriel Nascimento Agostinho, 16 anos, levou dois tiros, na rua Felisbina Rafael. (Investigação em andamento).
• 29 de janeiro – Patrick do Nascimento, 28 anos, o Sapo, foi morto com três tiros, no bairro Progresso. (Desvendado – Dos quatro autores do crime, três foram presos, o outro já identificado pela polícia).
• 7 de fevereiro – Ramon Prudêncio, 22 anos, levou um tiro após tentar assaltar um policial do Paraná, na balsa.

Gravatal 
• 10 de janeiro – O gaúcho Leandro Cardoso, 37 anos, levou um tiro após brigar em um bar, no bairro Brasília. (O autor dos disparos apresentou-se e responde ao processo em liberdade).

Tubarão
• 26 de janeiro – Reginaldo de Souto, 31 anos, o Borracha, levou vários tiros na Área Verde. (Investigação em andamento).

Braço do Norte
• 7 de fevereiro – Jainan Cardoso Flausino, 19 anos, o Catuaba, levou três facadas no pescoço. (O autor, já identificado, ainda não foi preso)