Em Xanxerê, um casal está sendo investigado após suspeita de matar uma menina de 9 meses. A bebê morreu na sexta-feira de manhã, vítima de maus-tratos. 

A mãe da bebê, de 17 anos, foi internada na sexta-feira no Centro de Atendimento Socioeducativo Provisório, em Xanxerê.  E o padrasto (23 anos) foi preso neste domingo. O casal estava junto há dois meses. 

A investigação também apura maus-tratos contra um menino, de 3 anos, filho mais velho da adolescente. Segundo o delegado, o garoto foi socorrido com ferimentos pelo corpo e também foi internado no hospital, em Xanxerê, mas passa bem. O menino deve ficar aos cuidados do Conselho Tutelar. 

A bebê morreu na sexta-feira (14) de manhã depois de dar entrada no Hospital Regional São Paulo, em Xanxerê. De acordo com os Bombeiros, os socorristas foram acionados por volta das 7h30 com a informação de que a criança estaria afogada. No loca foi constatado sinais de maus tratos. A prisão do padastro aconteceu na tarde deste domingo. 

A Policia Civil diz que foram instaurados dois procedimentos para investigar o envolvimento do casal na morte da bebê. Os documentos serão concluídos esta semana, após o resultado dos laudos periciais.

“O auto de apuração foi para apurar o envolvimento da mãe, que é adolescente. O inquérito policial é para apurar a participação do namorado dela, que morava junto”, disse ao NDmais, o delegado Danilo Fernandes, responsável pelo caso.