Maycon Vianna
Tubarão

Mais rigor na fiscalização e menos acidentes nas estradas do Brasil. A polêmica ‘Lei Seca’, sancionada em 19 de junho, completa o seu primeiro mês com resultados expressivos, pelo menos nas rodovias federais. No trecho sul da BR-101 entre Imbituba e Jaguaruna, segundo a Polícia Rodoviária Federal, os dados comprovam a redução no número de acidentes de trânsito nos últimos 40 dias envolvendo motoristas embriagados.

As estatísticas também aponta redução na quantidade de acidentes com condutores alcoolizados de abril a julho (veja tabela). “O rigor da lei faz com que os motoristas fiquem mais conscientes dos seus atos. Eles sabem que se forem pegos alcoolizados ao volante recebem uma pesada punição”, destaca o inspetor da Polícia Rodoviária Federal (PRF) do posto de Tubarão Teodoto Tonon.

O trabalho intensificado de vistorias e abordagens dos condutores de veículos e a utilização do bafômetro também têm trazido êxito à fiscalização. “Os policiais estão mais atentos. Em caso de identificarmos alguém com sinais de embriaguez nas estradas federais, logo agimos”, relata Tonon.

Para o subtenente da Polícia Militar Rodoviária Estadual (PMRe) em Gravatal, Moacir Alves do Amaral, a nova lei já dá mostras que os motoristas estão mais conscientes. “Existem operações na SC-438 que realizamos na madrugada, nas danceterias situadas ao longo da rodovia. Percebemos que o número de motoristas alcoolizados diminuiu”, relata Moacir.