Em 20 dias de fuga, Lázaro Barbosa, de 32 anos, atirou em 3 pessoas, invadiu propriedades, fez reféns, colocou fogo em uma casa e roubou carros. Sempre armado, o criminoso também abusava de mulheres.

Ele era suspeito de matar uma família no Distrito Federal e balear outras cinco pessoas numa série de assaltos em chácaras na capital do país e em Goiás. Nesta segunda-feira (28), o criminoso chegou a ser capturado pela força-tarefa formada por quatro corporações, mas não resistiu aos ferimentos de bala e morreu no hospital.

Ele foi detido em Águas Lindas, perto da casa da ex-sogra, onde os policiais já fazia um cerco. A Secretaria de Segurança Publica (SSP) de Goiás informou que ele deve ser encaminhado para o Instituto médico Legal (IML) para exame de corpo de delito.

Após a ação dos policiais o governador Ronaldo Caiado parabenizou a ação dos agentes poe meio de um post em seu twitter. Veja abaixo:

 

Entre em nosso canal do Telegram e receba informações diárias, inclusive aos finais de semana. Acesse o link e fique por dentro: https://t.me/portalnotisul