Tubarão

Três mulheres, de 20, 21 e 42 anos, foram presas pela Polícia Militar ontem à tarde, no bairro Guarda margem esquerda, em Tubarão. O trio é acusado de praticar vários arrombamentos a residências de Tubarão e Capivari de Baixo nas últimas semanas.

Os militares chegaram até as ladras depois que um morador da Guarda desconfiou do porta-malas levantado do Palio com placas de São Francisco do Sul em que elas estavam. Vários produtos estavam no carro.
Minutos antes, as mulheres teriam entrado em uma casa ainda na Guarda e ‘feito a limpa’. Entre as dezenas de produtos apreendidos, vários sutiãs, comida dentro de panelas, achocolatados, fraudas, caixas de leite, eletrodomésticos, aparelhos de TV e de som.

As mulheres são naturais de Criciúma e estariam praticando os arrombamentos há pouco mais de um mês. A mais velha é sogra da ladra de 21 anos. Os maridos de duas estão reclusos no Presídio Regional de Tubarão.
Uma delas passou mal na Central de Polícia e atrasou os depoimentos, tomados pelo delegado Adriano Almeida.

Elas são acusadas de furtar produtos em uma casa na comunidade do Sertão dos Corrêa, em Tubarão, semana passada, onde teriam deixado um prejuízo de R$ 10 mil. Também na semana passada, elas teriam invadido uma casa no bairro Santo André, em Capivari. “Eu só quero resgatar a certidão de nascimento da minha filha e uma foto da família”, informa uma das vítimas das acusadas, que foram levadas ao presídio de Tubarão.