Um detendo da Unidade Prisional Avançada (UPA) de Laguna recebeu permissão da justiça de prisão domiciliar após ser diagnosticado com Covid-19. Ele foi preso em flagrante no dia 6 de maio e teve sua prisão convertida em preventiva. No entanto, o preso testou positivo para o novo coronavírus e a unidade prisional não possui local adequado para mantê-lo em isolamento.

A UPA da cidade informou que o acusado não teve contato com os demais presos desde seu ingresso na unidade, mas segue monitorando os demais detentos.

De acordo com a Secretaria de Administração Prisional e Socioeducativa há oito casos confirmados de coronavírus no sistema prisional do Estado: três presos e cinco servidores e nenhum óbito registrado.

Conforme a Secretaria de Saúde de Santa Catarina Laguna tem 12 casos confirmados e nenhum óbito.