A cidade de Abre Campo (MG), sofreu nos últimos dias com as fortes chuvas na região, a cidade foi devastada com a enchente do rio Santana. Com a falta de mão de obra para auxiliar na recuperação da cidade, o diretor do presídio da cidade fez algo inusitado.

O Diretor Geral do presídio Leandro de Freitas da Silva, solicitou ao Juiz de Direito da comarca, Dr. Bruno Miranda Camelo, que autorizasse os detentos a trabalharem na limpeza da cidade.

A ação foi autorizada, garantindo assim uma remissão da pena, Conforme Lei n° 12.433 de 29/06/2011, segundo o Diretor foram 33 presos no multirão. Ainda segundo a lei, o trabalho dos detentos é um dever social, e tem como finalidade melhorar a condição social e humana dos mesmos.

A cidade ficou completamente destruída. Todo o centro comercial ficou alagado e dezenas de comerciantes perderam praticamente tudo. Estou aqui a sete anos e tenho o carinho por este município. Poder ajudar de alguma forma neste momento é muito recompensador. tivemos apoio da prefeitura do Judiciário e de parceiros do sistema prisional“, contou o diretor.

Além desses presos, os moradores podem ver também nas ruas a presença dos policiais responsáveis na escolta dos mesmos.