O motorista do ônibus trafegava no sentido antiga rodoviária e Fabio em direção ao morro da Catedral.
O motorista do ônibus trafegava no sentido antiga rodoviária e Fabio em direção ao morro da Catedral.

Mirna Graciela
Tubarão

Um grave acidente na madrugada de sábado provocou a morte de Fabio de Oliveira Rocha, 19 anos, no centro de Tubarão. A colisão envolveu um ônibus, que transportava funcionários a uma empresa, e uma motocicleta conduzida pelo jovem.

Por volta das 5h45min, Fabio atravessou a ponte e trafegava no sentido morro da Catedral. Ele pilotava a Honda CG 150 placa NEE-7944, de Tubarão, quando colidiu com o ônibus, que trafegava na avenida Marcolino Martins Cabral, em direção à antiga rodoviária. A batida ocorreu na esquina da agência do Banco do Brasil. 

Quando os policiais militares chegaram ao local, o jovem já estava sem vida. O corpo foi recolhido pelo Instituto Geral de Perícias (IGP). Uma marca de 15 metros ficou na pista da avenida, em função da forte freada do ônibus. O motorista do veículo, 42 anos, saiu ileso, assim como os passageiros, que foram removidos para outro ônibus. 

Fabio era filho do cabo Dias Rocha, da Polícia Militar de Tubarão. Ele morava com a sua mãe, no bairro Santo André, em Capivari de Baixo.