Com o forte impacto, Jhonata Caetano não resistiu e morreu na hora.
Com o forte impacto, Jhonata Caetano não resistiu e morreu na hora.

Mirna Graciela
Braço do Norte

Mais uma morte ocorreu na SC-438. Jhonata Caetano, de 17 anos, era caroneiro de uma motocicleta que se envolveu em um acidente, na madrugada de ontem. O jovem é a terceira pessoa que perdeu a vida na mesma rodovia em dois dias.
A batida com um Ford Fiesta, conduzido por uma jovem de 21 anos, foi por volta da 0h10min, na comunidade da Divina Providênica, entre São Ludgero e Braço do Norte. No momento da colisão a pista estava molhada, o que pode ter contribuído para o acidente.

Jhonata não resistiu aos ferimentos e morreu na hora. O piloto, de 21 anos, foi encaminhado ao Hospital Santa Teresinha, de Braço do Norte, e não corre risco de morrer. A motorista do carro teve escoriações e também foi conduzida à mesma instituição.
As pessoas foram atendidas pelo Serviço de Atendimento Médico de Urgência (Samu). Os dois veículos possuem placas de São Ludgero, cidade onde Jhonata morava. Ele e seu colega iam para Braço do Norte.

Outros acidentes
Neste domingo, por volta da 1h45min, Marilda da Rosa Pereira, de 40 anos, perdeu a vida na SC-438, entre Lauro Müller e Guatá, na Serra da Boa Vista. O carro em que ela estava saiu da pista e bateu contra uma árvore. O motorista, de 27 anos, e o outro caroneiro, de 17, saíram ilesos.
Já no fim da tarde, às 17h30min, Pedro Alfredo Matias, 47 anos, trafegava no bairro São Martinho, em Tubarão. Ele conduzia uma motocicleta e bateu de frente com um Palio. Pedro morreu na hora. Os ocupantes do carro sofreram lesões leves.

Saída de pista quase provoca desastre ambiental

Um caminhão de uma transportadora de Criciúma trafegava na BR-101, no sentido sul, ontem de manhã, quando saiu da pista e capotou, em Laguna. Com a queda, as tampas do tanque abriram e os combustíveis (óleo diesel, gasolina e álcool) vazaram.

A capacidade de armazenamento do veículo é de 17 mil litros. Cerca de 70% da carga foi perdida. Felizmente, o derramamento foi contido, o que evitou a contaminação na Lagoa Santo Antônio dos Anjos. Apenas uma pequena quantidade atingiu a água, mas não trará consequências danosas.
A Polícia Ambiental e a Fatma estiveram no local. As partes afetadas, às margens da rodovia, foram cobertas com areão. A transportadora efetuará o trabalho de limpeza total. O motorista, de 61 anos, fraturou a clavícula.