O jornalista argentino Marcelo Pagliaccio, de 32 anos, morreu afogado nesta quarta-feira (5) na praia de Canasvieiras, em Florianópolis. De acordo com o jornal La Nacion, o turista participou de uma festa com os amigos e quando voltavam para a pousada onde estavam hospedados, eles resolveram entrar no mar. Marcelo se afogou e foi retirado da água pelos companheiros. 

Os Bombeiros  foram acionados e Marcelo foi socorrido já inconsciente. Ele foi levado ainda com vida para a Unidade de Pronto Atendimento do Norte de Ilha, mas morreu no local. Ainda de acordo com o La Nacion, familiares da vítima estão a caminho de Florianópolis. O consulado argentino acompanha o caso.

Conforme o Portal MSN Notícias, Marcelo Pagliaccio trabalhava na redação do jornal esportivo Olé. Em nota, o periódico lamentou a morte do jornalista. “Dor e mais dor. Porque se foi um grande garoto. Porque tinha muito o que viver. Porque Paglia, como todos chamávamos, era isso: um grande garoto. Olé está de luto. Porque a morte de Marcelo Pagliaccio é besteira. Porque não queremos escrever mais sobre colegas que deveriam estar conosco e que não estão”, diz a nota.