Duas irmãs de 4 e 9 anos morreram e oito pessoas ficaram feridas em uma batida de frente entre dois carros na BR-470 em Apiúna, no Vale do Itajaí, na tarde de sábado (21). Segundo os bombeiros, as meninas foram encontradas sobre o capô do carro. Elas estavam no veículo com o irmão de 6 anos e três adultos. No outro carro estavam quatro pessoas.

As crianças moravam com a mãe em Coronel Vivida, no Sudoeste do Paraná, e estavam viajando com o pai, que foi buscá-las no sábado. Neste domingo, a mãe e uma tia das crianças vieram a Santa Catarina buscar os corpos das duas meninas.

O acidente em Apiúna envolveu um Vectra de Erechim e um Fox de Penha e ocorreu por volta das 16h30 no km 107,9 da BR-470, na localidade de Ribeirão Carvalho. No primeiro carro estavam as duas meninas de 4 e 9 anos, o menino de 6 anos e três homens de 29, 34 e 43 anos. No Fox estavam dois homens de 45 e 68 anos e duas mulheres de 41 e 66 anos.

Quando as equipes de socorro chegaram ao local, as duas meninas estavam sobre no capô do Vectra, em parada cardiorrespiratória. Os bombeiros voluntários de Ibirama tentaram reanima-las por 40 minutos, mas as suas não resistiram.

O menino estava sobre o pai, ambos com parte do corpo para fora do veículo, conforme os bombeiros. A criança foi socorrida e encaminhada ao hospital em estado grave, assim como pai e os outros dois ocupantes do carro.

As quatro pessoas que estavam no Fox também foram levados para hospitais da região. A PRF e os bombeiros não souberam informar o grau de parentesco de todos os feridos. O G1 não conseguiu informações na manhã deste domingo sobre o estado de saúde das vítimas.