Gravatal

Onze lojas foram invadidas, mas somente seis proprietários registraram boletim de ocorrência na Delegacia de Gravatal até ontem à tarde. O crime ocorreu na madrugada de segunda-feira.

Todos os estabelecimentos funcionam na galeria MTS, na localidade de Termas do Gravatal. Os policiais civis estão intrigados com o fato de que não houve arrombamento em nenhum dos pontos invadidos.

“Ou foi usada uma chave mixa para praticar o crime ou alguém que conhece o funcionamento do local praticou os furtos”, avalia um investigador.
O delegado Marcelo Santos Bittencourt coordena as investigações e deve instaurar inquérito hoje para apurar todos os detalhes.

Não há monitoramento eletrônico na galeria comercial. Somente a loja Frente e Verso foi alvo dos ladrões três vezes em menos de um mês.
Cerca de R$ 4 mil em dinheiro foram levados dos estabelecimentos invadidos. Nenhuma peça de roupa foi furtada.

Furtada pela terceira vez em 15 dias
A lanchonete Good Dog, no centro de Tubarão, foi arrombada mais uma vez, ontem de madrugada. O proprietário do estabelecimento esteve no local após o crime e verificou que R$ 30,00 que estavam no caixa foram furtados. Várias rondas nas imediações foram feitas, mas nenhum suspeito foi localizado. Há suspeitas da participação de adolescentes no crime.

Poucas horas antes, o Posto São Martinho foi alvo de um assalto. Um homem entrou no estabelecimento armado, foi ao caixa e exigiu que a funcionária entregasse o dinheiro. Cerca de R$ 300,00 foram entregues ao ladrão, que fugiu em direção a Gravatal.