Orleans

Um homem de 50 anos, acusado de estuprar duas netas, de 2 e 7 anos, foi indiciado ontem. As investigações iniciaram em novembro do ano passado, em Orleans. O delegado Ulisses Gabriel coordenou os trabalhos.
“Houve molestamentos quase que diários por parte do avô das crianças. Isso já é considerado estupro. Será pedido um mandado de prisão preventiva ao acusado”, afirma Ulisses.

O homem não pode sair da cidade. A menina de 7 anos foi ouvida pela polícia e confirmou o abuso. Ela relatou que o avô retirava suas roupas e esfregava o pênis em sua vagina. Da mesma forma, ele agia com a irmã.
Durante os depoimentos, o acusado negou as acusações e justificou: “Tirei as roupas da minha neta apenas para colocar outra, pois fazia xixi nas calças. Passei banha de porco nas partes íntimas dela para controlar uma assadura”, relatou o avô em seu depoimento.

O homem não tem antecedentes criminais e aguarda decisão da justiça em liberdade. Os exames periciais realizados nas crianças confirmaram que a menina mais velha foi molestada pelo menos duas vezes. “Ele poderá ser detido a qualquer momento. Só estamos aguardando o mandado de prisão”, avisa o delegado.