Carolina Carradore
Tubarão

Os barulhos de disparos de arma de fogo tiraram o sossego dos moradores do condomínio Joana De Angelis e outras residências próximas, na rua Laguna, por volta das 18h30min de sábado. Considerada uma região tranquila, famílias estão assustadas e temem pela segurança dos moradores do bairro. Apesar do susto, ninguém ficou ferido.

Segundo informações da Polícia Militar, dois homens em uma moto vermelha efetuaram disparos no fim da rua Laguna, bairro Oficinas. O alvo era um jovem de 20 anos que passava pelo local. A vítima teve que pular o muro de uma casa vizinha. Seis disparos, provenientes de uma pistola 40, atingiram o muro e o jovem conseguiu escapar ileso.

No momento da confusão, moradores foram pegos de surpresa. “Estávamos jantando quando de repente escutamos os tiros e gritos. Fui para a janela e vi um homem pulando o muro da casa do vizinho”, conta um homem que presenciou o fato.

O clima de insegurança aumenta entre os habitantes da rua Laguna. “Isso é uma absurdo. Temos crianças que brincam na rua e o lugar é bem movimentado. Um inocente poderia ter sido vítima de uma bala perdida”, adverte uma moradora. “Tínhamos acabado de passar de carro por ali. Por pouco, um tiro não atingiu o veículo e poderia ter ferido alguém da família”, lembra, ainda apavorado, um vizinho. Ele levava no carro a esposa e duas filhas. A polícia fez rondas pelo local, mas os autores dos disparos não foram localizados.

Mais tiros
Ontem, por volta das 18 horas, outro caso semelhante foi registrado pela PM. Um homem, dentro de um Escort azul, efetuou quatro disparou contra um adulto de 31 anos que guiava uma bicicleta na estrada Geral da Madre, bairro Praia Redonda. O rapaz conseguiu fugir e escapar das balas. Tanto o veículo quanto o motorista não foram localizados pela polícia.