Rafael Andrade
Tubarão

Após quase quatro meses da única audiência pública voltada à área de segurança em Tubarão, pouco se viu para amenizar a sensação de medo que se instalou em toda a região. O reflexo negativo do aumento da criminalidade refletiu em outras cidades. Já são 21 homicídios registrados neste ano. O último ocorreu no domingo à noite, em Capivari de Baixo.

A audiência contou com políticos, policiais, agentes penitenciários e moradores dos bairros mais atingidos pelo tráfico de drogas em Tubarão. A participação constante de crianças e adolescentes em assaltos e no tráfico de drogas preocupa ainda mais a população.

“É necessário implantar programas urgentes para reverter esta situação. Entre eles, urbanizar os becos e vielas de Tubarão e de outras cidades”, analisa o presidente do Conselho Municipal de Segurança (Conseg), Maurício da Silva. Existem muitos locais com essas características na Cidade Azul. Os pontos mais críticos são os bairros Morrotes e Fábio Silva e a comunidade da Área Verde, na Passagem.

O projeto arquitetônico de urbanização foi elaborado pelo Conseg e aponta a necessidade do alargamento dos becos e da retirada das famílias dos locais de risco. Desde o dia 24 de fevereiro – data da audiência pública – até ontem, poucas promessas tornaram-se realidade. Entre as poucas medidas concretizadas, está a instalação da Central de Operações Policiais (COP) da Civil, os encontros semanais de membros dos Consegs com representantes de entidades públicas e privadas, além das grandes operações policiais, pelo menos, uma vez por mês.

Operação presença

Um fator muito cobrado do estado é o aumento do efetivo das polícias Militar e Civil na região. “Montamos uma operação importante, realizada diariamente em Tubarão. É a Operação Presença. Todos os policiais que trabalham no setor administrativo do 5º BPM são deslocados às ruas por um período para incrementar o efetivo. Os resultados são promissores, pelo menos quando todos atuam no policiamento ostensivo e repressivo”, informa o major Giovani Livramento, comandante da 2ª Companhia da PM em Tubarão.