Quinze crianças morreram no incêndio em um orfanato no Haiti, informou nesta sexta-feira a juíza Raymonde Jean Antoine. Duas crianças perderam a vida dentro do orfanato e outras 13 faleceram por asfixia no hospital de Fermathe, disse a magistrada. O incêndio começou pouco depois das 21h de quinta-feira (23h de Brasília).

Localizado em Kenscoff, uma comunidade de Porto Príncipe, o orfanato não tinha autorização legal para operar desde 2013 e abrigava aproximadamente 66 crianças. A causa do incêndio e a idade das vítimas ainda não foram informadas.

O orfanato estava localizado em um prédio de dois andares, com beliches – alguns em estado deplorável – amontoados em pequenos cômodos, com uma escada apertada e apenas uma porta de saída aberta, constatou a AFP.