Rafael Andrade
Tubarão

A onda de violência preocupa a população, Nem mesmo a região central da cidade escapa da ações dos bandidos, cada vez mais audaciosos. Os casos demonstram que é urgente o aumento no número do efetivo nas polícias militares e civil em Tubarão.

Ontem à noite, mais dois assaltos à mão armada foram registrados praticamente no mesmo horário. Os criminosos agiram rápido e pareciam ter combinado as ações. O primeiro caso foi registrado na Master Farma, no piso térreo do Praça Shopping, no centro da cidade.
O bandido entrou armado, com um boné que escondia os seus olhos, deu boa noite para a atendente e anunciou o roubo com o tradicional e sonoro: “É um assalto, passa a grana”.

A audácia do criminoso foi tanta que ele não se importou em executar o assalto há menos de 100 metros da Central de Polícia Civil. Foram levados pouco mais de R$ 300,00 do caixa da farmácia. A Polícia Militar fez várias rondas, mas até o fechamento desta página, por volta das 22h55min, nenhum suspeito foi localizado.
O segundo assalto ocorreu no posto de combustíveis União, na avenida Pedro Zapellini, em Oficinas. De capacete, um homem anunciou o crime munido de um revólver.

Levou todo o dinheiro do caixa e fugiu sem deixar pistas. Testemunhas o avistaram embarcar em uma moto e fugir com um comparsa. A dupla também não foi localizada pelos policiais militares.