Tubarão

Os resultados da Operação Semana Santa, divulgados pela Polícia Rodoviária Federal (PRF) ontem, trazem números lamentáveis no que se refere à conscientização dos motoristas. Na BR-101, ocorreram 30 acidentes no trecho entre Paulo Lopes a Passo de Torres.

Foram 53 acidentes, 33 feridos, duas mortes, 349 notificações e 3.645 multas, registradas por radares fotográficos, por excesso de velocidade.
Cerca de 90% das colisões foram causadas por imprudência do motorista, com colisões traseiras e saídas de pista. A operação iniciou a meia-noite de quinta-feira e encerrou neste domingo, no mesmo horário. Dezessete pessoas tiveram lesões leves e três ficaram feridas gravemente.

A maior incidência de acidentes foi verificada no período da tarde. “Isto se deve ao tempo bom, que oportuniza aos motoristas dirigir em alta velocidade”, avalia o chefe da delegacia da PRF de Tubarão, Eduardo Lugo Samudio.
“As viaturas ficaram ao longo da rodovia, o que deu segurança ao usuário e evitou maiores infrações”, pontua Eduardo. Em comparação ao mesmo período do ano passado, houve redução nos números no geral.