Um idoso de 78 anos foi encontrado por familiares trancado dentro da sua própria casa, neste domingo (10), em Tubarão. Ele era mantido em cárcere privado pela companheira de 66 anos. A descoberta aconteceu após os filhos não obterem o retorno dos contatos realizados ao pai. Ao visitarem a residência no bairro Morrotes, se depararam com o pai recluso.

A Polícia Militar foi acionada e no local constaram que o idoso vivia em condições precárias, inclusive de alimentação. Segundo relatos, o idoso conseguiu conversar com os militares somente pela janela, já que a companheira não deixava ninguém sair ou entrar da casa.

Os filhos estavam no local e também tentavam ter acesso ao familiar. Segundo um dos filhos de 43 anos, eles tentavam contato com o pai há mais de um mês e, ao visitá-lo, foram barrados pela companheira. 

Já o idoso, relatou à PM que sua companheira o agredia e o mantinha trancado dentro de casa por aproximadamente 40 dias, sem alimentação. Comentou que não conseguiu mais acessar o benefício previdenciário por ficar preso em casa.  Ainda quanto a alimentação, era realizada após pedir a um vizinho pela janela, para que comprasse os alimentos.

Ao entrar na casa, os policiais encontraram uma bolsa com mais de R$ 6,4 mil, dinheiro que a acusada mantinha ao ter acesso ao benefício do idoso. Dentro de casa,  foi encontrado também grande quantidade de lixo espalhado pelos cômodos e constatado que o idoso vivia em condições precárias.

A acusada foi presa, estava calma e não foi preciso o uso de algemas ao ser encaminhada até a Delegacia de Polícia Civil.

Já os filhos, se comprometeram em levar o pai a morar com eles na cidade de Laguna.