Ao menos 5 das 11 pessoas que morreram durante o incêndio no Hospital Badim serão enterradas em cemitérios do Rio de Janeiro neste sábado (14) . Outra vítima já havia sido enterrada na sexta-feira (13). 

Além dos 11 mortos, outras 77 pacientes transferidos para outras unidades continuam internados e 20 funcionários do Badim também foram hospitalizados.

A polícia já sabe que o fogo que atingiu a unidade de saúde na noite de quinta-feira (12) começou num gerador no subsolo do hospital.

Resumo até momento

11 pacientes morreram após um incêndio de grandes proporções no Hospital Badim

Maioria das mortes foi por asfixia; ninguém morreu queimado

77 pacientes transferidos para outras unidades estão internados; 

20 funcionários do Badim também foram hospitalizados

O fogo começou por volta das 18h30 de quinta-feira (12), e a fumaça se espalhou

A polícia confirmou que o fogo começou em gerador no subsolo do prédio

Hospital diz houve falta de luz antes do fogo; Light afirma que não registrou queda de energia

224 funcionários trabalhavam no turno quando as chamas começaram

Unidade foi esvaziada e pacientes foram levados para ruas próximas

Hospital tinha licenças em dia, segundo bombeiros e prefeitura

Defesa Civil interditou o prédio do hospital após incêndio

Foto: Reuters/brasil.elpais.com