Evaldo Aldo dos Santos foi morto no meio da rua, em plena luz do sol. Testemunhas viram dois atiradores.
Evaldo Aldo dos Santos foi morto no meio da rua, em plena luz do sol. Testemunhas viram dois atiradores.

Maycon Vianna
Imbituba

Mais um homicídio ocorreu na região ontem. Foi por volta das 11h15min, na rua João de Carvalho, próximo à Igreja Evangélica Assembléia de Deus, no bairro Nova Brasília, em Imbituba.
Segundo relatos de testemunhas à polícia, dois homens armados desceram de um Corsa verde, efetuaram cinco disparos contra Evaldo Aldo dos Santos, 47 anos, de Tubarão, que tinha um sítio na localidade. Os atiradores evadiram-se do local rapidamente.

A Polícia Militar de Imbituba foi acionada para atender a ocorrência. A equipe do Corpo de Bombeiros de Imbituba também foi chamada, mas, quando chegou ao local, a vítima já não apresentava mais os sinais vitais.

Minutos após o crime, os policiais militares começaram as buscas pelos criminosos na localidade de Pau Seco, a cerca de 1,5 quilômetro do local do homicídio, onde encontraram um carro com as mesmas características dos assassinos capotado. Havia quatro homens dentro. O motorista, Robson Araújo de Luz, 30 anos, foi encaminhado em estado grave pelos bombeiros ao Hospital São Camilo, onde faleceu devido aos ferimentos provocados em decorrência do acidente.

Os outros três ocupantes do veículo nada sofreram no acidente e foram presos pela PM e encaminhados à delegacia de Polícia Civil de Imbituba suspeitos de envolvimento com o homicídio. Em um matagal próximo ao local da colisão, foram encontrados um revólver calibre 38 e uma pistola 7.65 milímetros.
A Polícia Civil já iniciou as investigações do caso. O crime pode ter sido queima de arquivo. Até a noite de ontem, por volta das 22 horas, nenhuma suspeita havia sido confirmada.