#PraCegoVer Na foto, uma viatura da Polícia Militar
- Foto ilustrativa | Divulgação

Por pouco uma mulher não perdeu a vida na madrugada desta sexta-feira (15), em Orleans. A situação ocorreu por volta das 2h50min. Muito nervosa, a vítima pediu socorro pela Central Regional de Emergência, pois seu ex-companheiro tinha invadido a sua casa e tentado mata-la a golpes de facão. Uma das viaturas foi despachada e chegou ao endereço em poucos minutos. O bairro não foi divulgado pela PM. Quando a guarnição chegou, o homem já tinha fugido do local. Na casa estava a mulher e seu filho, cujo pai é o agressor. Conforme seu relato aos policiais, o homem bateu na porta para deixar a criança. Ela achou estranho porque era de madrugada, mas abriu. Desde que se separaram, ele a ameaça dizendo que se um dia ela tivesse outro homem iria matar os dois.

A mulher estava sozinha em casa, mas ele largar a criança, pegou um facão que trazia consigo e saiu correndo atrás da ex-companheira. Apavorada, a mulher voltou para dentro de casa tentando fugir dele. O homem arremessou o facão contra ela e, por sorte, errou o alvo. Mas as agressões continuaram. Ele a perseguiu, conseguiu agarra-la, torceu o seu braço direito para trás e voltou a ameaça-la verbalmente. Uma ambulância do Samu foi chamada para prestar atendimento para a vítima, que ficou com o ombro machucado. Ele seu do local em seguida. Ela pegou a criança e telefonou para o 190. Após receber atendimento médico, um boletim de ocorrência por lesão corporal dolosa foi feito e a mulher orientada a procurar a Delegacia de Polícia Civil para solicitar uma medida protetiva de urgência.

Fonte: Polícia Militar de Orleans
Edição: Zahyra Mattar | Notisul

Entre em nosso canal do Telegram e receba informações diárias, inclusive aos finais de semana. Acesse o link e fique por dentro: https://t.me/portalnotisul