#PraCegoVer Na foto, a fachada do Fórum de Criciúma
A sessão de julgamento foi presidida pela juíza substituta Keila Lacerda de Oliveira Magalhães Garcia - Foto: TJSC | Divulgação

O Tribunal do Júri da Comarca de Criciúma condenou um homem, de 49 anos, por tentativa de homicídio qualificado, a oito anos de reclusão. A sessão de julgamento foi presidida pela juíza substituta Keila Lacerda de Oliveira Magalhães Garcia. O crime aconteceu em março do ano passado, em uma loja localizada dentro de um supermercado, no Centro de Criciúma. O acusado trajava túnica, óculos escuros e máscara para dificultar sua identificação, e ingressou no estabelecimento de sua ex-namorada armado com uma faca, com a qual tentou golpeá-la diversas vezes.

A vítima conseguiu desviar das investidas e segurar a faca. Outras pessoas que estavam no local intervieram e impediram que o crime fosse consumado. O Conselho de Sentença reconheceu que o tentativa de assassinato foi praticado em razão da condição do sexo feminino, e o homem foi condenado por tentativa de feminicídio à pena de oito anos e dois meses de reclusão, em regime inicialmente fechado. Cabe recurso da decisão ao Tribunal de Justiça de Santa Catarina (TJSC).

Fonte: Tribunal de Justiça de Santa Catarina
Edição: Zahyra Mattar | Notisul

Entre em nosso canal do Telegram e receba informações diárias, inclusive aos finais de semana. Acesse o link e fique por dentro: https://t.me/portalnotisul