Nesta segunda-feira (8), dia em que se comemora o Dia Internacional da Mulher, a Delegacia de Polícia de Capivari Baixo repassou às Delegacias de Pescaria Brava e Imaruí uma denúncia anônima dando conta de que uma mulher estaria sendo impedida por seu companheiro de deixar o lar conjugal, e que estaria sofrendo constantes agressões do mesmo.

Em razão disso, policiais civis se deslocaram a residência, localizada na região de Sítio Novo, em Imaruí, juntamente com uma guarnição da Polícia Militar de Pescaria Brava, a fim de apurar a denúncia recebida. No local, identificaram a suposta vítima, de 17 anos, a qual afirmou que fora violentada nos dois dias anteriores, por seu companheiro, com quem mantinha relacionamento amoroso há mais de um ano.

Relatou também que, mesmo tento manifestado ao companheiro a intenção de deixar a casa, este estava a impedindo, ameaçando-a reiteradamente de prosseguir com as agressões. Narrou, também, que em uma das agressões sua boca chegou a sangrar.

Diante dos fatos apurados e do relato da vítima no local, foi dado voz de prisão ao autor, que estava na residência, o qual foi conduzido à Delegacia de Polícia, onde foi autuado em flagrante pelo crime de cárcere privado duplamente qualificado.

 

Entre em nosso canal do Telegram e receba informações diárias, inclusive aos finais de semana. Acesse o link e fique por dentro: https://t.me/portalnotisul